A Cannondale Factory Racing anunciou hoje um compromisso contínuo com o BTT e cross country (XC).

Depois de um grande avanço em 2018 e com papelada pronta e limpa para o futuro, Maxime Marrotte (França), Manuel Fumic (Alemanha) e Henrique Avancini (Brasil), da Cannondale Factory Racing, podem continuar a abrir caminho no XC mundial, para a temporada de 2019 e 2020.

2018 foi um ano de ganhos maciços para a Cannondale Factory Racing. “Colhemos os resultados de algumas mudanças importantes e grandes investimentos que fizemos na equipa nos últimos três anos”, disse Daniel Hespeler, manager de equipa da Cannondale Factory Racing. “Colocámos uma nova estratégia em funcionamento, mudámos a nossa abordagem às corridas e melhorámos como equipa em todas as áreas.

Com novas ideias e grandes planos, a temporada de sucesso de 2018 foi apenas o começo de uma grande jornada. Todos nos bastidores trabalharam com afinco para isso e não posso agradecer o suficiente. Um agradecimento muito especial ao manager de performance Phil Dixon, que tem sido uma grande parte deste sucesso. ”

Juntos, a equipe Cannondale Factory Racing de Avancini, Fumic e Marotte liderou a classificação da Taça do Mundo como a equipa mais rápida durante toda a temporada de 2018 e terminou como a equipa melhor classificada.

E a vitória de Avancini no Campeonato do Mundo de Maratona MTB de 2018 da UCI, mostra como a equipa trabalhou incansavelmente para manter a chama acesa. Ao assinar novamente com os três atletas no próximo ciclo olímpico, a Cannondale Factory Racing espera conquistar mais vitórias no circuito da Taça do Mundo, vencer na geral do Absa Cape Epic e continuar o derradeiro caminho em direção às medalhas XC nas Olimpíadas de 2020 em Tóquio.

“Vencer o Mundial de Maratona vai muito além de um simples título para mim”, disse Henrique. “As riscas arco-íris são a prova de todo o trabalho arduo que dedicamos à temporada. Eu quero que os atletas saibam que podem ser bem sucedidos em qualquer coisa que façam se eles apenas adotarem o processo. Acredito que este seja apenas o começo e estou ansioso para a próxima temporada. ”

Com sete pódios da Taça do Mundo em 2018, Maxime disse: “Estou feliz com a minha temporada. Tive resultados fortes e fiz algumas alterações na minha preparação, o que, com certeza, vai render ainda mais no próximo ano. Estou animado para os próximos dois anos com a Cannondale Factory Racing. Eu nunca gostei tanto de ser um atleta professional, tanto quanto gosto de o ser com esta equipa, porque é o melhor suporte no circuito de corridas. Estou muito feliz em anunciar que vou continuar a correr para a Cannondale Factory Racing. ”

A temporada de 2018 começou com um estrondo para o veterano da CFR, Manuel Fumic e incluiu outra vitória no Campeonato Nacional Alemão, vários pódios e vitórias de etapas, bem como o terceiro lugar no Absa Cape Epic com Avancini. Apesar de alguns altos e baixos, Fumic conseguiu outro grande resultado para encerrar a temporada – a corrida por etepas do Brazil Ride. Juntos, Henrique Avancini e Manuel Fumic ficaram em primeiro lugar, estabelecendo o andamento para 2019.

“Quando olho para a temporada de 2018, estou satisfeito”, disse Mani. “Eu fiquei motivado e focado para alcançar meus objetivos, mesmo tendo que lidar com vários contratempos. Existem altos e baixos no desporto e isso é um lembrete de que o sucesso nunca vem em linhas retas. Esta temporada mostrou o quanto nossa equipa é importante para mim, enquanto cresço pessoalmente como atleta ”.

A Cannondale Factory Racing agradece o apoio dos parceiros da equipe de 2018: Enve, Shimano, Schwalbe, Prologo, Northwave, Sugoi, Alpinestars, Stages, OTE, Knaus e Eighty Aid.

Em preparação para a próxima temporada, a Cannondale Factory Racing espera ansiosamente por uns eventos for a de época e algum descanso antes do início do Campo de Treino da equipa em dezembro.

Deixar uma resposta