João Silva (Bairrada) e António Morgado (Anipura/GDM-Escola Alexandre Ruas) sagraram-se hoje, em Castelo Branco, campeões nacionais de fundo em juniores e em cadetes, respetivamente.

Campeonato Nacional de Fundo | João Silva e António Morgado campeões nacionais de estradaA corrida de juniores, com 88 quilómetros, acabou por decidir-se com um ataque de longe, que deixou aquilo a que poderemos chamar pelotão a mais de dois minutos. Entre os atacantes João Silva mostrou-se mais forte, cortando a meta isolado, depois de pedalar durante 2h12m27s.

Na luta pelas restantes posições do pódio, Rodrigo Paiva (Grupo Desportivo de Lousa) levou a melhor, acabando como vice-campeão, a 18 segundos do vencedor. O terceiro classificado, com mais 35 segundos do que o primeiro, foi Diogo Antunes (ACD Milharado/DriveonHolidays/Mafra).

Em cadetes impôs-se o suspeito do costume. António Morgado (Anipura/GDM-Escola Alexandre Ruas) triunfou em Castelo Branco. O corredor da equipa de Alenquer foi o mais rápido do grupo de três corredores que terminaram os 66 quilómetros com 1h41m15s.

As dificuldades do terreno deixaram o pelotão seccionado em vários grupos, mas um trio pedalou junto até aos metros finais. António Morgado puxou pelos galões e ergueu os braços diante de Daniel Lima (Centro Ciclismo de Loulé) e de João Martins (NRV-Academia Ciclismo de Paredes), segundo e terceiro, respetivamente.

O triunfo na corrida deste domingo foi o culminar de um percurso imaculado do vencedor nos nacionais de estrada na categoria de cadetes. António Morgado termina o ciclo de dois anos nesta categoria etária com vitórias nos nacionais de fundo e de contrarrelógio em 2019 e em 2020.