Campeonato do Mundo de Pista | Ivo Oliveira quarto na disciplina olímpica de omnium

32

O português Ivo Oliveira terminou hoje na quarta posição o concurso olímpico de omnium no Campeonato do Mundo de Pista, em Apeldoorn, Holanda. É um resultado sem paralelo para Portugal em disciplinas olímpicas na categoria de elite.

Numa competição de omnium com grande equilíbrio, Ivo Oliveira começou com o décimo lugar em scratch, bateu toda a concorrência e foi o melhor na tempo race. Com estes resultados, terminou a primeira metade do concurso no segundo lugar, empatado com o primeiro, Simone Conssoni.

A segunda metade da competição começou muito mal para o corredor português, que não foi além do 23.º e penúltimo posto em eliminação, tornando muito improvável a possibilidade de chegar ao pódio. Ivo Oliveira começou a corrida por pontos na oitava posição, mas aí tudo mudou face ao desempenho de eliminação.

O corredor luso esteve muito ativo na corrida por pontos, ganhando uma volta e mais onze pontos em sprints, o que o colocou na quarta posição final, com 94 pontos, a dez do pódio. A vitória foi para o polaco Szymon Sajnok, com 111 pontos, mais quatro do que o holandês Jan Willem van Schip e mais sete do que o italiano Simone Consonni, que o acompanharam no pódio.

“Este resultado é um motivo de orgulho para Portugal, o nosso melhor resultado em omnium em Campeonatos do Mundo, muito perto do pódio. Saímos muito felizes deste Mundial”, resume o selecionador, Gabriel Mendes.

O Campeonato do Mundo termina no domingo, mas a participação lusa encerrou neste sábado. Foi o Mundial de elite de maior sucesso para a Equipa Portugal. Destaca-se, naturalmente, a medalha de prata de Ivo Oliveira em perseguição individual, mas também foram alcançados os melhores resultados de sempre em scratch, quinta posição de Rui Oliveira, e corrida por pontos, 14.º lugar de João Matias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva o seu comentário
Escreva o seu nome