Ivo Oliveira junta-se a Nelson Oliveira a representar Portugal no contrarrelógio individual dos Mundiais de estrada, em Imola, disse estar “bem preparado” para a prova.

Campeonato do Mundo de Estrada Ivo Oliveira “bem preparado” para o contrarrelógio“Fiz uma boa Volta ao Luxemburgo. Chego bem preparado e no contrarrelógio vai ser só carregar nos pedais”, apontou o Ivo Oliveira, que se estreia em Mundiais de elite, em declarações divulgadas pela Federação Portuguesa de Ciclismo (FPC).

O campeão nacional do ‘crono’ espera que os 31,7 quilómetros do traçado sejam cumpridos “quase sempre a ‘rolar'”, com o vento como “fator principal”.

Ivo Oliveira parte às 13:45 (horas de Lisboa), com o especialista Nelson Oliveira a sair pelas 14:39, à procura de conseguir a quinta presença entre os 10 melhores da prova, feito que conseguiu em 2014, 2017, 2018 e 2019.

Campeonato do Mundo de Estrada Ivo Oliveira “bem preparado” para o contrarrelógioNo Autódromo Dino e Enzo Ferrari, em tempos palco do Grande Prémio de São Marino de Fórmula 1, há “alguns topos sem grande relevância” e uma “fase final muito rápida”, ainda mais se o vento a favorecer, destacou o selecionador José Poeira.

O técnico já tinha reforçado a importância de conseguir “um resultado que dignifique o país” tanto no ‘crono’ como na prova de fundo, no domingo, em que a dupla do ‘crono’ se junta a Rui Costa, campeão mundial em 2013, e a Rúben Guerreiro.

Os Mundiais de estrada em Imola arrancaram hoje, com a vitória da holandesa Anna van der Breggen no contrarrelógio feminino, que utiliza o mesmo traçado da prova masculina, seguindo-se o ‘crono’ masculino, na sexta-feira, a prova de fundo feminina, no sábado, antes dos masculinos, a fechar, no domingo.