Bikotel – Os hotéis amigos das bicicletas

299
Chama-se Bikotel e define-se como uma rede de unidades de alojamento que possuam o rótulo homónimo.
A rede conta, para já, com 12 unidades amigas dos ciclistas, formada por locais que respeitam setes aspectos distintos: têm que garantir aos cicloturistas parqueamento, garagem, serviços de lavandaria para o equipamento, oficina, menus ricos em hidrocarbonatos, fruta e vegetais e também percursos circundantes. A lista inclui ainda vários aspectos opcionais. 
Qualquer tipo de unidade de alojamento pode juntar-se à Bikotel. Em comunicado, os responsáveis garantem que existe já “um elevado número de pedidos de adesão”. O projecto é promovido pela empresa A2Z Consulting e tem como parceiros oficiais as marcas Trek/Solex e Ciclonatur Loja do GPS/Garmin, contando com o apoio do Turismo Centro de Portugal.
No site oficial, pode aceder-se a toda a informação sobre os estabelecimentos aderentes, pesquisar hotéis por preço ou tipo de percursos ou descarregar mapas de trilhos em formato GPS.
Actualmente, utilizam já a chancela Bikotel estrelas da hotelaria como a Quinta Nova da Nossa Senhora do Carmo (Douro), diversas unidades Inatel (Manteigas, Vila Ruiva, Alamal, Piódão, Castelo de Vide), as Casas do Vale do Minho (Aldeias do Xisto), a Casa das Penhas Douradas ou o aparthotel Mira Villas. Já em processo de reconhecimento estão as Casas do Côro de Marialva e, na costa vicentina, a Aldeia de Pedralva e a Herdade da Matinha.
O segmento do cicloturismo, inserido no turismo activo e de Natureza, referem em comunicado, “tem vindo a registar um crescimento anual em termos mundiais acima dos 10%”.
Em Portugal, sublinham, “as vendas anuais de bicicletas têm registado números significativos de algumas dezenas de milhares de unidades. Recentemente foi estimado na casa dos 20 mil o número de praticantes regulares de ciclismo (dos quais 10 mil federados), sendo bastantes mais quando considerados os praticantes ocasionais”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva o seu comentário
Escreva o seu nome