A tão esperada primeira ronda da temporada do Enduro World Series de 2019 aconteceu em Rotorua, com a corrida deste ano a apresentar três etapas na floresta técnica de Redwood, e duas no parque Skyline.

© Sven Martin

Isabeau Courdurier foi a favorita para a corrida, uma vez que a tri-campeã EWS, Cécile Ravanel, falhou a sua presença devido a lesão.

Com os holofotes virados para Isabeau, conseguiu quatro vitórias sendo a sua segunda vitória no EWS.

A atleta da Intense Cycles competiu com SRAM X01 Eagle, travões SRAM Code RSC, suspensão RockShox Lyrik e amortecedor RockShox Super Deluxe.

O Enduro World Series vai para Derby, na Tasmânia, para a segunda ronda, onde Isabeau foi a vencedora em 2017.

Keegan Wright, o favorito na sua cidade natal, deu show durante o Crankworx Rotorua – com os resultados a falarem por si: 1º, 2º, 10º, 14º, 2º.

© Sven Martin

O jovem kiwi abriu a semana com uma vitória dominando o Dual Slalom e fechou-o com um desempenho extraordinário na primeira ronda do Enduro World Series, terminando em segundo lugar.

Acumulou os pontos para deixar a Nova Zelândia em segundo, tanto na classificação de King of Crankworx como no Enduro World Series.

A liderar o King of Crankworx está Tomas Lemoine, que conquistou mais uma vitória na prova RockShox Rotorua Pumptrack.

© Sven Martin

No Maxxis Slopestyle em Memory of Mcgazza, Lemonie,  termina em segundo no meio de um percurso cheio de publico.

Deixar uma resposta