A Team Bahrain McLaren apresentou a sua formação, o seu equipamento, e visão para 2020, no McLaren Thought Leadership Centre em Woking, Reino Unido.

A equipa, uma joint venture entre a Bahrain World Tour Cycling Team e o líder britânico de competição automóvel McLaren, competirá com a designação Team Bahrain McLaren em 2020.

Originalmente concebida por Sua Alteza Shaikh Nasser e tendo competido como Bahrain Merida a partir de 2017, a mudança no nome da equipa sinaliza um novo e ousado capítulo na propriedade da equipa, uma equipa em que o conjunto de ciclistas existente, a gestão e o pessoal de apoio foram complementados com a supervisão, do altamente respeitado, Rod Ellingworth, ao qual foi atribuído o papel de diretor geral.

Como equipa, a Bahrain Merida, alcançou um número impressionante de vitórias em três anos, incluindo pódios no Grand Tour, na sua primeira temporada – a primeira equipa a alcançar este resultado no seu primeiro ano.

Juntamente com seu parceiro de fundação, a Mérida Bikes, a equipa construiu um forte alinhamento englobando técnicos e ciclistas, com várias vitórias – incluindo exibições notáveis na Milão-San Remo e na Il Lombardia, além de inúmeras vitórias em etapas nas Grandes Voltas.

Para 2020, a equipa contratou as estrelas Mikel Landa e Wout Poels, também Mark Cavendish, o sprinter mais bem sucedido de sempre no World Tour.

Juntando-se à nova equipa executiva sénior de Ellingworth estão o ex-profissional World Tour e o campeão nacional britânico, Roger Hammond, no cargo de Diretor de Desempenho, e Duncan Bradley, membro fundador do negócio de Tecnologias Aplicadas da McLaren – como Diretor Técnico da equipa, a eles juntam-se a Brent Copeland, que se muda para o novo cargo de Diretor de Operações, e Charlie Pym, que se junta à equipa como Diretor de Marketing.

John Allert, Diretor Executivo da Equipa Bahrain McLaren comentou:

“Este é um ótimo momento na história da equipa – unir forças para desafiar as convenções de um desporto que amamos e respeitamos. É emocionante para todos os envolvidos. Esperamos dar aos adeptos apaixonados do ciclismo algo de inovador – esta é uma equipa criada para o futuro, com um grande respeito pelo passado. A McLaren trará tecnologia à equipa, uma cultura de melhoria contínua, marketing dinâmico e a inovação técnica do desporto mais exigente do mundo, a F1. No entanto, este é um desporto incrivelmente competitivo e não subestimamos os desafios nem a força da nossa competição.”

A Team Bahrain McLaren recebe vários novos parceiros, como o parceiro técnico, fornecedor de bicicletas da equipa, a Merida Bikes e a empresa petrolífera do Bahrain, Bapco. Conta também com a parceria da marca de vestuário técnico de alto desempenho, Le Col e a Muc-off, a marca inovadora de limpeza e de lubrificantes. A marca de relógios de luxo Richard Mille, entra no ciclismo pela primeira vez, assim como a respeitada emissora global de notícias CNBC.

A forte conexão da equipa com o Reino do Bahrain é representada pelo orgulhoso e contínuo apoio de Mumtalakat, o Conselho de Desenvolvimento Económico do Bahrain, Batelco, NBB, Alba, First Energy Bank B.S.C. e Hipermercado Lulu, entre muitos outros.

A equipa Bahrain McLaren também trabalhará com alguns dos parceiros técnicos mais importantes do ciclismo profissional – incluindo a Rudy Project de capacetes e óculos, a marca premium de calçado de ciclismo Sidi, a inovadora marca de bagagem para ciclismo Scicon e os treinadores indoor, Elite.

Milan Erzen, co-fundador do Team Bahrain Merida e diretor administrativo da Team Bahrain McLaren, comentou:

“É um ótimo momento para toda a equipa. Estamos gratos ao Reino do Bahrein pelo apoio e por acreditar nesta equipa desde o início da nossa jornada, em 2016. Ao iniciarmos este novo e emocionante capítulo, esperamos promover ainda mais os benefícios deste grande desporto para a comunidade do Bahrein, e dando-lhes, assim como a todos os nossos fãs e parceiros internacionais, muito para torcer em 2020.”

Todas as novidades da equipa em teambahrainmerida.com.