Decorreu no Centro de Artes de Águeda, a gala de apresentação da equipa oficial da Miranda Factory Team para a época de 2020.

A gala decorreu num ambiente que se pretendia familiar e de proximidade, com transmissão em direto para os seus vários canais e iniciando-se com um breve vídeo de apresentação da marca Miranda Bike Parts, que conta já com 70 anos de existência e onde foi possível conhecer a sua história, produtos e novidades.

A primeira grande novidade da marca para 2020 é a centralização todas as modalidades, excepto a estrada que se continuará a denominar Miranda Mortágua, sob o cunho Miranda Factory Team.

A Miranda, primeira e única equipa em Portugal com estatuto UCI, passa por esta mudança com o intuito de reorganizar a sua estrutura, para que em 2020 se possa posicionar ainda melhor no mercado e melhor se afirmar nas competições enquanto equipa desportiva.

Segundo afirmado pela marca, com o recente boom no que toca ao e-Enduro, onde a equipa conquistou o ano passado um segundo lugar no final de 2019 em Barcelona, no WES e-Bike Series, pelas mãos de Emanuel Pombo, a marca pretende continuar a apostar com força neste segmento que, a nível de produção, representa cerca de 90% do seu mercado.

De uma equipa que há 5 anos se iniciou com 2 atletas, para 2020, a Miranda Factory Team conta com um pelotão forte, composto por elementos de várias nacionalidades, escalões e ainda com uma atleta feminina, que se irão desdobrar nas disciplinas de Enduro, E-Enduro, Downhill, XCO e XCM.

A apresentação do plantel iniciou-se precisamente pela atleta feminina da Estónia, Maaris Meier, residente em Portugal desde 2012 e que trás no seu curriculum 26 títulos bem como a presença nos Jogos Olímpicos de 2004.

De seguida foi a vez de Emanuel Pombo, atleta madeirense que conta já com 10 títulos de Campeão Nacional e uma vasta presença internacional.

Logo depois José Borges, com títulos de Campeão Nacional de DH e DHU, bem como vencedor da Megavalanche no ano passado.

O alemão Silas Grandy, downhiller internacional que reside em Portugal desde os seus 3 anos e que irá também competir no Campeonato Alemão.

Tiago Ladeira que conta também com títulos de Campeão Nacional tanto de DH como de Enduro e Nuno Reis, que foi em 2018 Campeão Mundial de Downhill iXS Rookies.

Quase a finalizar a apresentação dos atletas, subiu ao palco Gonçalo Bandeira, nascido e criado nas lides do DH e Enduro na meca nacional que é a Lousã, com presenças em Campeonatos do Mundo e vitórias nos Campeonatos Nacionais.

Por último, foi apresentado o atleta Vasco Bica que soma títulos de Campeão Nacional e Regional, bem como vitórias de Taças Nacionais.

Pedro Pinto é o Team Manager da Miranda Factory Team.

Foram ainda apresentados os equipamentos oficiais da equipa, que mostram as cores da marca Miranda: preto, branco e vermelho, com o símbolo da selecção nacional e a marca de água da pedaleira por si produzida.

Por fim, foram apresentadas as bicicletas com que os atletas irão competir durante a época de 2020, todas elas equipadas com amortecedores Extreme Racing Shox, premiados como melhor amortecedor de 2019 e agora patrocinadores da Miranda Factory Team e serão também ainda equipadas com os pedaleiros da Miranda Bike Parts.

São elas a KTM Macina Prowler para o e-Enduro, a Scott Gambler para o DH e a Scott Ranson para Enduro, sendo que o modelo apresentado desta ultima, foi personalizado para o atleta José Borges, com os seus títulos e as cores da Miranda.

Vídeo da apresentação da Miranda Factory Team para a época de 2020: