Afonso Silva ganha Clássica de Guipuzcoa

42

O alentejano Afonso Silva ganhou hoje, ao serviço da Equipa Portugal, a Clássica de Guipuzcoa, disputada, ao longo de 108,5 quilómetros, em Azpeitia, País Basco.

📷 LagunOnakTxe

O corredor português aproveitou as dificuldades do percurso para mostrar superioridade sobre todo o pelotão, composto pelos melhores juniores espanhóis, triunfando em solitário.

Afonso Silva atacou na primeira das duas montanhas da corrida, com cerca de 50 quilómetros percorridos, fazendo parte de um grupo de seis corredores que se juntou em cabeça de corrida. Na última subida, a 7,5 quilómetros da meta, o ciclista da Seleção Nacional respondeu ao ataque de um adversário, acabando por deixá-lo para trás, cortando a meta isolado.

A presença da Equipa Portugal visava, sobretudo, testar os corredores numa prova de nível competitivo intermédio, fazendo parte do programa de preparação, acompanhamento e evolução dos juniores nacionais. Apesar de ser aquele o objetivo principal, os resultados acabaram por acontecer.

Além da vitória individual, por Afonso Silva, a Equipa Portugal impôs-se coletivamente. Afonso Silva completou o percurso em 2h31m12s, menos 35 segundos do que Josu Exteberria e menos 43 segundos do que Iñaki Diaz, que o acompanharam no pódio. António Ferreira foi o sétimo classificado. Afonso Silva também ganhou a camisola de melhor trepador.

A nota menos positiva foi protagonizada por Pedro Silva, vítima de queda aparatosa, que teve de ser transportado ao hospital de San Sebastián. O corredor português sofreu escoriações e uma fratura de clavícula.

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva o seu comentário
Escreva o seu nome