8º BTT Caminhos Penosos

424
O BTTeatro organiza no dia 14 de setembro o 8º BTT Caminhos Penosos. A iniciativa tem o apoio da Associação de Ciclismo do Minho e decorrerá em caminhos rurais e trilhos dos concelhos de Vila Nova de Famalicão, Braga e Guimarães.


O percurso do Passeio terá uma extensão aproximada de 35 kms (dificuldade física média/alta e técnica baixa/média) estando o início marcado para 9 horas no Parque da Ribeira (Joane – Vila Nova de Famalicão), local de partida e chegada do 8º BTT Caminhos Penosos.
O Passeio é aberto à participação de todos os interessados sendo gratuito para participantes do sexo feminino. As restantes inscrições custam 8 euros (até 10 de setembro) ou 10 euros (de 11 a 14 de setembro), conferindo direito a seguro de acidentes pessoais, dorsal, pequeno almoço e abastecimento (sólido e líquido), banho, lembranças, sorteio de material de BTT e de uma bicicleta. Será atribuído um prémio ao grupo mais numeroso.
As inscrições devem ser efetuadas no site do BTTeatro (www.btteatro.com) onde poderão ser obtidas informações complementares.
O BTTeatro, integrado na Associação Teatro Construção e um dos clubes filiados na Associação de Ciclismo do Minho, nasceu pelas mãos de uma dúzia de amigos amantes do BTT em finais de 2005. O grupo tem apostado na divulgação do BTT e no desenvolvimento de um trabalho centrado na promoção de passeios de Cicloturismo no concelho de Vila Nova de Famalicão.
Das atividades realizadas destaca-se o passeio “Caminhos Penosos”, onde de ano para ano têm vindo a aumentar o número de participantes.
O BTTeatro organiza ainda, ao longo do ano, atividades sazonais onde convida outros praticantes, designadamente passeios noturnos e atividades em épocas tradicionais como a Primavera e São Martinho.
Enquanto betetistas, os elementos do BTTeatro assumem-se como apaixonados pela natureza, zelando pela sua preservação, uma vez que é nos montes e campos da região que passam muitas das horas, particularmente aos fins-de-semana, procurando sensibilizar os novos praticantes para a importância da conservação ambiental.

Fonte: Cision4Journalists

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva o seu comentário
Escreva o seu nome