Trilho dos Moinhos com cerca de 1300 inscritos

0
570

DSC_7775A prova de BTT Trilho dos Moinhos voltou a colorir a Avenida da Liberdade, em Barcelos, que se encheu por completo de ciclistas para percorrerem 45 km de trilhos “magníficos” como foram denominados por quase todos os participantes no final da prova. Foram perto de 1 300 aqueles que se inscreveram para participar na décima edição desta prova e muitos outros o teriam feito se não tivesse sido atingido o número limite de participantes, levando ao encerramento das inscrições duas semanas antes da prova.

IMG_0308Pelas 9h30 em ponto, ao som da Banda do Galo em mais um momento em que os Amigos da Montanha unem a cultura barcelense ao desporto, os betetistas saíram da Avenida da Liberdade e a imagem no seu topo era de uma mancha colorida com muita animação entre os atletas, a combinar na perfeição com esta prova onde as características de lazer e o convívio imperam entre os participantes que vêm até Barcelos de diferentes pontos do país. O vereador do pelouro do desporto da Câmara Municipal de Barcelos salientou esta característica nas atividades organizadas pelos Amigos da Montanha que trazem “muitas pessoas até ao concelho, fomentando a promoção turística do concelho”.

IMG_0088As condições climatéricas registadas nos últimos dias faziam prever algumas adversidades, mas no domingo de manhã o sol apareceu e manteve-se ao longo do dia. A lama ao longo do percurso, que a chuva dos dias anteriores tinha deixado, não assustou os betetistas e na linha da meta as opiniões eram unânimes, revelando que se tinha acabado de cumprir um atrativo percurso de BTT, onde se realçou “beleza do percurso, os singletracks e mesmo a lama que o tornou ainda mais espetacular”. A par da beleza dos trilhos, os atletas continuam a apreciar a logística da organização, os abastecimentos, o empenho dos voluntários, o emblemático cenário de partida e meta, a marcação do percurso e escolha de novos trilho em cada ano, novos locais para conhecer, onde o mote é a descoberta de moinhos. Fazendo jus ao nome, os Amigos da Montanha escolhem o percurso à descoberta do maior número e dos mais bonitos moinhos ainda existentes no concelho e que outrora foram meio de subsistência das gentes locais. E, não olhando ao cronómetro de prova, são muitos os atletas que aproveitam para parar nestes locais e registar o momento.

O evento organizado pelos Amigos da Montanha com o apoio da Câmara Municipal de Barcelos visitou várias localidades do concelho. Desde o centro de Barcelos, a prova levou os participantes atá Carvalhal, Pereira, Vilar de Figos, Courel, Gueral, Chorente, Chavão, Grimancelos, Carvalhas, Remelhe e Alvelos para, de regresso pela ponte medieval em Barcelinhos, voltarem à Av. da Liberdade e cruzarem a meta instalada no centro Histórico de Barcelos.

IMG_2611Depois dos 45km de trilhos, e quando ainda faltavam 10 minutos para cumprir duas horas de prova, dois participantes discutiram o primeiro lugar ao sprint. José Rodrigues da FC Famalicão/Soniturismo/Bike World (1:50:53), lado a lado com Jacinto Fiúza do Batotas/Ponte de Lima, conseguiu ultrapassar primeiro a linha da meta e ocupar o lugar mais alto do pódio que ficou completo com Humberto Castro da FC Famalicão/Soniturismo/Bike World que fez a prova com o tempo de 1:54:25.

No pódio feminino, Isabel Caetano da Secai/Pedalar/Digada foi a vencedora, com o tempo de 2:19:59. A atleta, várias vezes campeã de ciclismo e ciclocross, veio participar pela primeira vez no Trilho dos Moinhos desafiada por um amigo que não perde esta prova e quando chegou à meta referiu que não poderia ter feito melhor opção. “Fiquei fã”, referiu com entusiasmo, prometendo voltar a Barcelos para esta atividade. Ana Rita Vale, da Batotas/Ponte de Lima, conquistou o segundo lugar, fazendo a prova em 2:24:30, e Fátimah Mello, MGB/Specialized/Avianense, completou o pódio com o tempo de 2:29:27.

Enquanto os betetistas percorriam os trilhos em bicicleta, os acompanhantes, depois de uma divertida aula com alguns exercícios de aquecimento pelo professor Nené, fizeram um percurso pedestre, desta vez com uma temática cultural que deu a conhecer diferentes espaços de Barcelos, e os seus principais monumentos, com o acompanhamento de um técnico de turismo da autarquia.

IMG_7019As boas razões que os atletas revelam para voltarem nas próximas iniciativas dos Amigos da Montanha motivam a associação a continuar na organização de eventos desportivos de lazer onde a grande aposta é sempre a qualidade aos mais diversos níveis. E para isso continua a ser fundamental o apoio dos voluntários que os Amigos da Montanha conseguem reunir. “Foram mais de uma centena de pessoas que se reuniram aos Amigos da Montanha para tornar possível a realização desta prova e só com esta força conseguimos continuar a organizar atividades de referência no concelho de Barcelos”, evidencia David Ferreira, diretor da prova que refere ainda a participação das escolas de Barcelos que têm vindo a colaborar com a associação, trazendo os alunos para colaborarem e, assim, estarem, também, nos meandros de uma organização desportiva. “O esforço é muito durante meses para preparar esta atividade, mas recompensador pelas opiniões positivas que recebemos de um percurso e uma atividade de lazer bem ao gosto dos betetistas. E prova disso é a procura crescente nesta atividade onde temos de limitar o número de inscritos por questões logísticas e de percurso. Os Amigos da Montanha continuarão a trabalhar com esta linha de pensamento de promover o desporto em Barcelos e esperamos continuar a registar a alegria e o contentamento dos participantes, pois esse é o espírito de associativismo que cultivamos na associação”, salienta ainda o diretor da secção de BTT dos Amigos da Montanha.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here