Mountain Quest 2017, a 5ª edição

0
38

Uma prova historicamente desenhada para redefinir limites, no literal sentido da palavra.
Originalmente, e em busca de uma dureza extrema, foi pensada para o inverno. Um inverno rigoroso, como só há no Norte. Neve, frio, chuva, vento. As serras – todas – num exigente percurso circular, que já tão bem conhecemos. Mas, afinal, como já muitos sabem, a magia aconteceu pela primeira vez em junho. 180 KM e 6 mil D+. A prova ficou definida, e começou a redefinir a quem nela tinha coragem de participar.

Em 2014, na mais mágica edição de que temos memória (por tantos motivos), a prova era feita apenas em um dia. 180 km e pontos de corte aos quilómetros 50 e 100.

Em 2015, a novidade do segundo dia. Gladiator. Mais 70 quilómetros opcionais no domingo com 2 mil D+.

Em 2016, a 4ª e mais numerosa das edições, o Mountain Quest manteve-se em dois dias, com 180 e 70 quilómetros. Ainda hoje recordamos, com um brilhozinho nos olhos, o sucesso do momento. Foi incrível! Mas algo começou a mexer connosco.
Será que o Mountain Quest se está a tornar simples para alguns atletas? Isso é um problema para quem aponta esta prova de BTT como “uma das mais duras da Europa?” Será que o desafio está a diminuir de tanto os atletas se redefinirem no MQ? Desculpem, mas não podemos aceitar isso.

Em 2017, 5ª edição Mountain Quest:

1 dia. 180 km. 6.000 D+. A mítica distancia e altimetria do Mountain Quest estão de volta para redefinir os limites.
Pontos de corte aos quilómetros 50 e 100, sendo os 100KM a distancia Warrior.
Um dia intenso, com todos os atletas, juntos. Uma festa épica! Haverá segundo dia de prova? Não.

O Mountain Quest já é um desafio colossal para todos. Não há primeiros, nem últimos. Todos são finishers. Todos são corajosos. Todos são bravos.

Mas, para os que gostavam de fazer os dois dias em 2015 e 2016, A Nexplore tem novidades!

O Mountain Quest é uma das provas de BTT mais duras de realizar. A Nexplore sabe bem disso e trabalha para isso. Mas também percebe que a superação constante faz parte da natureza de cada atleta. Então, querem mais?

MUTANT Quest Challenge

Ao chegar ao controle dos 180KM, e sem mudar as condições (autonomia e navegação por GPS) os mutantes que chegarem a tempo, com força e garra, podem optar por somar 70KM com 2 mil D+. Existe um tempo limite, depois do qual já não será possível fazer esse percurso.

O vencedor do Mutant Quest, como não poderia deixar de ser, tem direito a um prémio especial personalizado e um maillot. Todos os finishers vão receber uma placa com o nome e tempo realizado. A Nexplore irá doar o valor das inscrições de todos os finishers do Mutant Quest à Associação Terra dos Homens.

2017 está quase aí. Para os mais destemidos, para os mais aventureiros, para os mais empenados, para os mais mutantes, para os que só querem passeio, para os que só querem rir. Para todos. Guardem o dia 8 de julho de 2017 para mais um dia de redefinir limites. O dia 7 para o briefing e o dia 9 para a entrega de prémios.

O Mountain Quest  conta com o apoio do Município de Amarante, da Câmara Municipal de Mondim de Bastos, Câmara Municipal de Vila Real e Turismo Porto e Norte de Portugal.

Mais info em mountainquest.pt

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here