Comutação Sincronizada nos grupos Di2 Ultegra 6870 e Dura-Ace 9070

0
124

Com o lançamento do novo Dura-Ace 9100, surgiu novo firmware  que veio oferecer aos ciclistas de estrada a possibilidade de colocarem comutação sincronizada entre as mudanças da frente e de trás. Agora esta tecnologia ficou agora disponível para a series mais antigas  Ultegra 6800 e Dura-Ace 9000, desde que o utilizadores tenham a nova bateria.

A nova bateria (BT-DN110) contem um chip de memória que consegue suportar o processamento extenso de informação necessário para os processos que a comutação sincronizada exige, oferecendo assim a possibilidade de conseguir-mos personalizar o nosso estilo de ciclismo.

Como aceder a esta nova funcionalidade:

O utilizador terá de assegurar que tem a instalada a nova bateria BT-DN110, sendo que é a única que permite tirar vantagem da comutação sincronizada e semi-sincronizada.

De seguida, sendo já um utilizador do sistema Di2 e que esteja a utilizar as mudanças da frente (FD-6870/FD-9070/FD-9150) e de trás (RD-6870/RD-9070/RD-9150), pode descarregar a última versão do firmware na plataforma E-TUBE, ou através da conexão  ao PC, ou via Bluetooth através do tablet ou smarphone

Alteração  modo comutação:

Se o utilizador já tiver instalado o mais recente firmware e a nova bateria facilmente consegue perceber  em que modo de comutação se encontra, graças a uma nova sequência de luzes na junção externa EW-90A/B (ver figura) ou na junção interna W-RS910

Um click duplo no botão externo da junção permite-nos alterar entre os modos.

  • Uma luz vermelha sólida indica que estamos no modo manual.
  • Uma luz vermelha a piscar 2x indica-nos que estamos no modo sincronizado
  • Uma luz vermelha a piscar 3x indica-nos que estamos no modo semi-sincronizado

Mais informação sobre o E-tube e o mapa de sincronização em e-tubeproject.shimano.com

O que  é a comutação sincronizada?

É uma função que permite ao ciclista concentra-se apenas na passagem traseira das mudanças na cassete, enquanto o sistema DI2 automáticamente estuda a melhor combinação entre a mudança da frente e de trás, alterando à frente.

Fazendo a passagem das mudanças de 28D para 11D, o sistema reconhece que a melhor combinação é entre os carretos 15 e 17D

Fazendo a passagem de 11D para 28D, o sistema reconhece que a melhor combinação será entre os carretos 25D e 21D.

O que é a semi-sincronização?

Quando fazemos a comutação automática na mudança frente, o sistema quando no modo semi-sincronizado, comuta automáticamente faz a passagem na mudança traseira quando alteramos à frente. Esta função permite ao ciclista conseguir sempre uma transição optimizada, para uma melhor fluidez na passagem e performance.

também neste modo, podemos personalizar os nossos modos de comutação  através da ligação ao E-TUBE PROJECT app  ou PC.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here